Pontos Turísticos de Ilha Comprida

Dunas de Juruvaúva

Áreas de Proteção Permanente e patrimônio natural da Ilha, as dunas estão por toda a extensão da orla da Ilha Comprida. As dunas de Juruvaúva, porém, destacam-se por serem as mais altas do município,  algumas chegam a 10 metros de altura e se transformam em mirantes naturais para observar o mar e a paisagem típica da região. O rio Cordeirinho, também chamado de rio vermelho – água vermelha em razão da decomposição de matéria orgânica, de raízes e de folhas- compõe a paisagem rara no litoral.

Dunas do Araçá

Caminhar pelas extensas dunas , contemplar o pôr do sol e avistar o Mar Pequeno de um lado e o mar aberto do outro lado são momentos de rara beleza e estreito contato com a natureza. Nas dunas, há as corujas buraqueiras que fazem seus ninhos e protegem como ninguém seus filhotes. Você pode ir de bike, carro ou mesmo numa longa caminhada . De todas as formas, trata-se de um passeio imperdível.

Catamarã Maratayama

Os diferentes roteiros – que mostram as belezas naturais do Lagamar paulista e paranaense, considerado um dos mais importantes viveiros de espécies marinhas do mundo – , revelam espetáculos de botos, uma infinidade de aves em todo o trajeto, vilas caiçaras, a curiosa Vila de Ararapira, também chamada de Vila Fantasma, a delícia da culinária caiçara e praias paradisíacas. Os passeios, acompanhados por monitores ambientais, saem da Marina Valverde, na Rua Tijuana, 2455 – no Mar Pequeno. 

Pontal da Trincheira

Belas praias desertas, falésias, espetáculo de botos , cercos artesanais de peixes e vilas caiçaras do sul compõe o cenário do Pontal de Trincheira. É na parte Sul que estão as melhores ondas para o surfe. No extremo, existiu o Forte Moschera que desmoronou com a ação do tempo. Há registros históricos que indicam ser ali a Vila que deu origem à Cananéia. O forte de Moschera foi um dos mais antigos da capitania de São Vicente.

Vila Nova

Fundada em 1770 , a Vila de Nossa Senhora da Conceição da Marinha, às margens do Mar Pequeno, hoje Vila Nova, chegou a ter Câmara de Vereadores e igrejas. Anos depois foi extinta, permanecendo como ponto de parada para correio e viajantes e ,mais tarde, uma vila de pescadores. Hoje, podem ser visitadas a Capela Nossa Senhora da Conceição e o Cemitério Caiçara.

Vila de Pedrinhas

Do lado do mar aberto, praia ampla com quiosques e pousadas . No início do século, a companhia paulista de madeiras carregava seus navios no porto próximo à vila. Na época, os navios que entravam no mar pequeno vinham com lastros (pesos) de pedras para que a hélice alcançasse o nível ideal de água e garantisse melhor a navegação. Quando navegava ao porto, as pedras eram arremessadas ao mar e substituídas por cargas de madeira. Mais tarde, essas pedrinhas foram utilizadas nas construções de casas e inspiraram o nome: Pedrinhas.

Orla Requalificada

Projetada para proteger as dunas – com a reordenação da entrada nas praias – e empreender uma nova dinâmica no dia a dia e no turismo, a Orla Requalificada abrange trecho de 3,2 km da orla, na Av. Beira Mar, área central do município. Na orla, há jardins, bancos, calçadões, mediadores, ciclovias e passarelas acessíveis que chegam próximo ao mar.

Eventos o Ano Inteiro

Na agenda de eventos da Ilha Comprida, destaca-se o Ilha Verão (janeiro e fevereiro) – o maior festival de verão gratuito do litoral com grandes shows na Arena de Eventos da Praia do Boqueirão Norte, em todos os finais de semana no período entre o Reveillon e o Carnaval –; o Ilha Blues Festival Internacional (julho) – com grandes encontros, lançamentos e shows de estrelas nacionais e internacionais – e o Ilha Julina, destaque pela sua diversidade de atrações, e a Mostra de Teatro, também em julho, evento que traz para a praia espetáculos teatrais do circuito das capitais.   É fato que a  ilha está preparada para bem receber os visitantes o ano inteiro.  

Esportes de Aventura

A Ilha Comprida oferece ambiente perfeito para prática de esportes ligados à natureza e ao mar.  Quem gosta de velejar, andar com canoas, stand up e caiaques têm a opção de aproveitar a beleza natural do Mar Pequeno (o mar de dentro) da Ilha Comprida, no antigo Porto da Balsa. No mar aberto, há os 74 km de praias ininterruptas, onde podem ser praticados o surf, windsurfe , waveski e outros esportes ligados ao mar.