Sobre a Ilha Comprida

Originalmente chamada Ilha de Maratayama pelos nativos Tupis, que significa “lugar onde a terra encontra o mar” ou “terra do mar”. Este ponto de encontro entre terra e mar deu ao local, no litoral sul de São Paulo, uma paisagem impressionante ao longo de seus 70 km de longitude por 5 km de latitude, onde é possível encontrar até sete diferentes biomas que vão do mangue à restinga. Se a oeste o mar aberto agrega os adeptos do surf, a leste corre um rio de águas calmas que atrai os pescadores. Há ainda lagos e terra decorada por orquídeas, jerivás, araçás, bromélias, samambaias, pitangueiras, entre outros, habitada por mamíferos, crustáceos, peixes, répteis e aves, centenas de espécies de aves nativas ou migratórias que encontram na Ilha Comprida um lugar ideal para o descanso, alimentação e procriação.